Featured Articles
All Stories

sábado, 12 de agosto de 2017

SÉRIE C: AQUI, NO CASTELÃO! SAMPAIO VENCE CONFIANÇA E SEGUE NA CORRIDA PELA LIDERANÇA DA SÉRIE C

ESPORTE / CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE C

Com o resultado, Sampaio chegou aos 25 pontos e segue na vice-liderança. O Confiança continua na zona de rebaixamento, com 13 pontos

Por: Globoesporte.com / São Luís, MA

Um jogo que atendeu ao padrão ‘Série C 2017’, pois as diferenças em campo entre times do G-4 e do Z-2 são mínimas e, por isso, os jogos são repletos de emoção. Assim foi a vitória do Sampaio, por 2 a 1, contra o Confiança, na tarde deste sábado (12), no Castelão, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. O público total foi de 6.867, sendo o pagante 5.097 torcedores, que geraram R$ 75.085.

CONFIRA OS GOLS E MELHORES MOMENTOS


No primeiro tempo, o Sampaio abriu o placar aos 30 minutos com Maracás e o Confiança empatou com Tito, aos 41. E o gol da vitória tricolor foi marcado aos 36 minutos do segundo tempo por Reginaldo Júnior.

Maracás fez o primeiro gol do Sampaio na vitória contra o Confiança (Foto: Reprodução / TV Mirante)

Com o resultado, o Sampaio chegou aos 25 pontos e só pode ser igualado pelo Fortaleza, em caso de vitória do time cearense, neste domingo, contra o Cuiabá. O Confiança segue na zona de rebaixamento, com 13 pontos.

Na próxima rodada, o Sampaio joga contra o Fortaleza, às 20h de sábado, no Castelão, em São Luís. O Confiança pega outro time que está no G-4. Joga contra o CSA, no Batistão, em Sergipe, sábado também, às 17h.

Primeiro tempo

Sampaio foi quem começou o jogo indo logo ao ataque. Os primeiros minutos foram de pressão do time da casa, e o maior susto para o Confiança foi aos quatro minutos em dois chutes de Esquerdinha e Valderrama. Depois dos cinco minutos, o time de Sergipe começou a criar jogadas ofensivas com destaque para a presença de Tito nos lances.

Maracás comemora gol no Castelão contra Confiança (Foto: Flora Dolores / O Estado do Maranhão)
O Confiança chegou bem aos 10 minutos, com Éverton Santos em um chute cruzado. O goleiro Alex Alves fez boa defesa. Dois minutos depois, Gilsinho invadiu a área, chutou cruzado e Alex Alves fez outra boa defesa.

Outra boa jogada do Sampaio foi com o lateral Pedro Costa, que avançou, passou pela marcação e quase marcou um golaço aos 25 minutos. O chute rasteiro só não entrou no gol por conta da boa defesa de Henrique.

A pressão era grande. Valderrama já havia tentando em outro lance, aos 29 minutos, mas foi Maracás quem abriu o placar, aos 30 minutos. O zagueiro aproveitou jogada que começou com cobrança de Marlon. Felipe Marques participou do lance e o goleiro Henrique ainda fez boa defesa, mas não evitou a conclusão de Maracás.

O Confiança não se abateu. Viu o Sampaio ainda pressionar, mas aos 36 minutos quase Frontini empatou em cobrança de falta. Aos 41 minutos, Tito marcou o gol de empate em jogada de contra-ataque.

Segundo tempo

A segunda parte do jogo teve o início inversamente proporcional ao primeiro tempo. O Confiança marcando no campo de ataque fez o Sampaio ter dificuldades. A melhor chance da equipe sergipana de virar o jogo antes dos cinco minutos foi com Tito, que na cabeçada exigiu uma boa defesa de Alex Alves. Antes de sair, a bola ainda bateu na trave.

O segundo tempo seguiu bem mais equilibrado que o primeiro. Aos 18 minutos, o lateral Pedro Costa foi expulso e o Sampaio ficou em desvantagem numérica. No lance seguinte, Tito só não fez a virada do Confiança por conta da boa defesa de Alex Alves.

Sampaio e Confiança fizeram jogo cheio de emoções, no Castelão (Foto: Flora Dolores / O Estado do Maranhão)
Aos 26 minutos, Marlon perde uma grande chance para o Sampaio. Aos 31 minutos, Diogo teve outra oportunidade de marcar para o Confiança, mas o goleiro tricolor se fez presente novamente.

O Confiança apertou, mas não marcou. E o Sampaio quando se lançou ao ataque, aos 36 minutos, conseguiu o alívio. Reginaldo Júnior recebeu lançamento de Isaac e fez a torcida do Sampaio gritar o segundo gol do time no jogo. Depois disso, o jogo ficou controlado pelo Sampaio até o apito final.


·   0

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

SELEÇÃO BRASILEIRA: CONVOCAÇÃO! CARAS NOVAS – TITE CHAMA CÁSSIO E LUAN PARA DUELOS CONTRA EQUADOR E COLÔMBIA

ESPORTE / SELEÇÃO BRASILEIRA – CONVOCADOS

Com chances para destaques do Brasileirão, comandante divulga lista para duelos nos dias 31 de agosto e 5 de setembro, pelas eliminatórias para a Copa do Mundo 2018

Por: globoesporte.com

Cássio e Luan foram as novidades da convocação de Tite para os jogos da seleção brasileira contra Equador e Colômbia, nos dias 31 de agosto e 5 de setembro, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. Além do goleiro do Corinthians e do atacante do Grêmio, os demais são frequentes nas listas do técnico, que revelou os três aspectos considerados para sua escolha: passado na Seleção e nos clubes, o momento atual e a projeção para a Copa.


Cássio, que havia sido convocado uma vez por Mano Menezes e Dunga, recebe a primeira chance de Tite, seu técnico nos principais momentos da carreira, os títulos do Brasileirão, da Libertadores e mundial pelo Corinthians. Luan, por sua vez, só havia participado do amistoso contra a Colômbia, em janeiro, quando apenas jogadores do país foram chamados.

– O Cássio se credenciou a essa situação pelo desempenho e a regularidade dos últimos quatro ou cinco anos, de 2012 para cá. Houve um momento comigo de ser retirado da equipe (do Corinthians, quando perdeu a posição para Walter), mas houve uma retomada. O Luan fez uma grande Olimpíada, manteve regularidade de desempenho, exceto no início do Gaúcho, mas é o principal jogador de articulação da equipe que mais faz gols no Brasil – disse Tite.

Cássio treinou nesta manhã, durante a convocação (Foto: Marcelo Braga)
Os dois se juntam ao lateral-direito Fagner, do Corinthians, e o zagueiro Rodrigo Caio, do São Paulo, no quarteto nacional da seleção brasileira. Os outros 19 jogadores atuam na Europa, número superior ao que era imaginado anteriormente pelo fato de as ligas do Velho Continente disputarem suas primeiras rodadas neste mês de agosto.

A viagem do auxiliar Cleber Xavier e do preparador físico Fábio Mahseredjian para acompanhar a pré-temporada dos clubes de atletas brasileiros foi determinante para essa mudança.

– Eu havia criado essa expectativa (de mais jogadores do futebol brasileiro), mas houve essa recondução pelo retorno dos atletas bem – explicou o técnico, que deixou fora da lista nomes já chamados, como Diego Souza, do Sport, Lucas Lima, do Santos, e Diego, do Flamengo.

Luan tem primeira chance nas eliminatórias (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)
Depois dos jogos contra Equador e Colômbia, o Brasil ainda enfrentará a Bolívia, em La Paz, e o Chile, no estádio do Palmeiras, em São Paulo, no mês de outubro. Em novembro, há a expectativa de dois amistosos, mas o coordenador Edu Gaspar espera pela próxima rodada das eliminatórias europeias para anunciar os rivais. Um deles deve ser a Inglaterra, desde que assegure a classificação para a Copa do Mundo agora em setembro.

Confira a lista completa:

Goleiros: 
Alisson (Roma)
Cássio (Corinthians)
Ederson (Manchester City)

Zagueiros: 
Marquinhos (PSG)
Miranda (Inter de Milão)
Thiago Silva (PSG)
Rodrigo Caio (São Paulo)

Laterais: 
Daniel Alves (PSG)
Fagner (Corinthians)
Marcelo (Real Madrid)
Filipe Luis (Atlético de Madrid)

Meias: 
Casemiro (Real Madrid)
Fernandinho (Manchester City)
Paulinho (Guangzhou Evergrande)
Giuliano (Zenit)
Renato Augusto (Beijing Guoan)
Philippe Coutinho (Liverpool)
Willian (Chelsea)
Luan (Grêmio)

Atacantes: 
Neymar (PSG)
Gabriel Jesus (Manchester City)
Taison (Shakhtar)
Roberto Firmino (Liverpool)


·   0

terça-feira, 1 de agosto de 2017

SÉRIE C: EM JOGO SEM BRILHO, CONFIANÇA E MOTO EMPATAM E SEGUEM ASSOMBRADOS PELO Z-2

ESPORTE / CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE C

Rubro-negro saiu na frente com Paquetá de pênalti, mas time da casa empatou o jogo aos 46 com Frontini

Por: Globoesporte.com / Aracaju, SE

O Confiança e Moto Club entraram em campo na noite desta segunda-feira com mesma pontuação e o fantasma do rebaixamento cada vez mais assombrado e saíram do gramado da mesma forma. Em um jogo sem brilho, Dragão e Papão do Norte empataram em 1 a 1, no Batistão, e seguem em situação delicada no Brasileiro da Série C.

Arena Batistão, torcida do Confiança (Foto: Osmar Rios / GloboEsporte.com)
As redes só foram balançadas no segundo tempo. Após o goleiro Genivaldo derrubar o atacante Danilo Bala dentro da área, a arbitragem marcou pênalti. Aos quatro minutos da segunda etapa, Paquetá abriu o placar. Nos instantes finais, aos 46 Frontini deixou tudo igual.

Com o empate, as equipes seguem abraçadas com a assombração do Z-2. Os times foram a 12 pontos, o Confiança segue em nono e o Moto em oitavo.

Na próxima rodada, o Confiança visita o Remo, neste domingo, às 18h, no Mangueirão. O Moto Club joga em casa, quando enfrenta o CSA, no Castelão, neste sábado, às 18h.

O JOGO

Desesperados para se afastar do fantasma da zona do rebaixamento as equipes começaram o jogo com muita vontade, mas com pouca qualidade. Os times mostravam muita força física e determinação, entretanto a partida não era agradável e tinha pouco brilho.

Durante o primeiro tempo, os times foram se alternando em oportunidades que não se enumeraram. Os erros de passes, os lançamentos diretos e o número alto de faltas eram os destaques do confronto.

As principais chances surgiam de passes errados, de bolas alçadas ou de chute fora da área. Além de pouca criatividade, os times também pecavam não poucas chances que conseguiam vislumbrar. Assim, a primeira etapa foi encerrada sem rede balançada em um azucrinante 0 a 0.

Veio o segundo tempo e para superar a etapa anterior ruim, o Confiança apostou nas mudanças de peças com as entradas de André Beleza e Jussimar nas vagas de Gilsinho e Madona. Já o Moto fez preferência por uma mudança de postura e se deu melhor.

Os rubro-negros começaram a colocar velocidade no jogo e passaram a ser mais eficiente nos contra-ataques. Tanto, que logo aos três minutos, Danilo Bala sofreu pênalti cometido pelo goleiro Genivaldo. No minuto seguinte, Vinícius Paquetá bateu firme e abriu o placar, 1 a 0.

Com o gol motense logo no começo do segundo tempo, o jogo mudou totalmente de panorama. O time maranhense recuou suas linhas e passou a ser bastante perigoso nos contra-ataques. O Confiança se tornou mais ofensivo, mas seguia bem desorganizado.

Apesar da dificuldade nas transições ofensivas, o Confiança ainda chegou a criar boas chances de pelo menos empatar o confronto. O Moto tinha dificuldade em sua postura defensiva, principalmente pela lentidão da compactação de espaços.

O jogo foi perdendo força e quando parecia que a vitória do Moto estava garantida, Frontini tratou de mudar a história da partida. O atacante recebeu no setor ofensivo aos 46 do segundo tempo deu um toque sutíl na saída de Saulo e deixou tudo igual. Fim de jogo, 1 a 1 e situação de maranhenses e sergipanos ainda mais complicada.


·   0

segunda-feira, 31 de julho de 2017

SÉRIE D: NOS PÊNALTIS! MAC ELIMINA SANTOS-AP E FICA A UM MATA-MATA DO ACESSO À SÉRIE C

ESPORTE / CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE D

Atléticos e Alvinegros voltaram a empatar em 2 a 2 e Maranhão venceu por 4 a 3 nas penalidades

Por: Globoesporte.com / Macapá, AP

Pediram com emoção! Jogando no Zerão, neste domingo, pela partida de volta das oitavas de final do Brasileiro da Série D, Santos-AP e MAC, fizeram um jogo que levaram os nervos a flor da pele. Em um novo duelo de quatro gols, as equipes voltaram a empatar em 2 a 2 e a classificação para o mata-mata decisivo do acesso foi disputada nos pênaltis. Nas cobranças, melhor para o MAC, que venceu por 4 a 3 e segue com o sonho de subir de divisão nacional.

MAC venceu o Santos-AP no pênaltis por 4 a 3 (Foto: Rosivaldo Nascimento/Arquivo Pessoal)
O MAC abriu o placar no primeiro minuto de jogo com Jonas Piu Piu. O empate do Santos-AP só veio no segundo tempo, com Fabinho aos sete. Três minutos depois, o Peixe perdeu o meia Rafinha, que foi expulso de forma direta. O MAC chegou a fazer o segundo gol com Yuyri, aos 23, mas o Alvinegro igualou o resultado com novo gol de Fabinho, aos 26, desta vez de pênalti.

Com o placar, a decisão foi para os pênaltis e, mesmo com Curuca e Chico Bala perdendo, o MAC ganhou por 4 a 3 com gols de Naôh, Eloir, Ramon e Adauto. O Santos-AP fez com Fabinho, Walace e Lessandro. Diego, Balão Marabá e Eduardo erraram as penalidades do Peixe.

Maranhão comemora a classificação para as quartas de final da Série D (Foto: Rosivaldo Nascimento/Arquivo Pessoal)
Os confrontos decisivos para chegar ao acesso acontecem nos próximos dois fins de semana. O adversário do Maranhão só será conhecido após o fim de todos os confrontos desta terceira fase da competição. A última partida é Atlético-AC e Gurupi, que começou às 19h.

Caso, o Gurupi elimine o Atlético-AC nos pênaltis, o adversário do MAC será o São José-RS. Em todas as outras probabilidades de classificação, o Maranhão terá como adversário o Operário-PR. Nas duas possibilidades de adversário, o time atleticano fará o jogo de volta da decisão fora de casa.

O JOGO

Como se estivesse jogando no Estádio Castelão, o MAC tratou logo de abrir o placar no primeiro minuto de jogo. Após passe de Naôh, Jonas Piu Piu marcou para o Maranhão e colocou o 1 a 0 no placar.

Lateral Eduardo perdeu o último pênalti do Santos-AP (Foto: Rosivaldo Nascimento/Arquivo Pessoal)
Mesmo com o gol que já garantia a classificação o time atleticano seguiu pressionando e teve por várias vezes chances de ampliar sua parcial vitória. O Santos-AP tinha muita dificuldade para sair jogando e não conseguia sequer chegar ao gol de Rodrigo Ramos.

Com o passar do primeiro tempo, o Maranhão foi estendendo o seu o domínio, mas pecava nas finalizações e não conseguia aumentar o placar do jogo. O Santos-AP fechou o primeiro tempo sem brilho e sem conseguir jogadas de maiores perigos acabou indo para o intervalo com o placar adverso de 1 a 0.

Veio o segundo tempo e com ele chegou um Santos-AP totalmente diferente. Com o placar desfavorável, o time Alvinegro partiu para cima do MAC e começou a criar suas melhores chances no jogo.

Tanto, que aos sete minutos da etapa final, o Peixe tratou logo de empatar o jogo. Em uma escapada ofensiva da equipe santista, Fabinho cruzou e Lessandro desviou de cabeça para deixar tudo igual, 1 a 1. Três minutos depois, o jogo fica ainda mais em aberto com a exclusão de Rafinha, que foi expulso de forma direta.

Com um a mais e placar adverso, o MAC foi todo pressão. Os atleticanos se jogaram para o ataque e logo conseguiu voltar à frente. Aos 23, houve uma dispusta dentro da área do Santos-AP, o zagueiro do MAC Yuri aproveitou a bobeada alvinegra e colocou de novo o Bode na frente, 2 a 1.

Lance do jogo entre Santos-AP e Maranhão (Foto: Rosivaldo Nascimento/Arquivo Pessoal)
Mas o Santos-AP não desistiu e mesmo com um a menos foi em busca do empate. Em uma jogada de velocidade, após um erro de passe do volante Curuca, Luquinha foi derrubado dentro da área do MAC e a arbitragem marcou pênalti, aos 25 minutos. No minuto seguinte, Fabinho cobrou e deixou novamente tudo empatado, 2 a 2.

Com o placar levando a decisão da vaga para os pênaltis, o Santos-AP, com um a menos, se fechou e começou a cozinhar o jogo. O MAC tentava imprimir nova pressão, mas chegava de forma desordenada. Não deu outra, o jogo terminou em 2 a 2 e a decisão da vaga ficou para os pênaltis.

Pênaltis

Santos-AP: Fabinho (marcou), Diego (perdeu), Walace (marcou), Lessandro (marcou), Balão Marabá (perdeu) e Eduardo (perdeu).

MAC: Naôh (marcou), Eloir (marcou), Ramon (marcou), Curuca (perdeu) e Chico Bala (perdeu) e Adauto (marcou).


·   0

domingo, 30 de julho de 2017

SÉRIE C: SAI ZICA! FELIPE MARQUES DECIDE NO 2º TEMPO, E SAMPAIO BATE O ASA NO CASTELÃO

ESPORTE / CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE C

Tricolor chega aos 19 pontos na Série C e assume a terceira colocação na chave A. Time alagoano fica nos 11 pontos e continua na zona de rebaixamento

Por: Globoesporte.com / São Luís, MA

O Sampaio Corrêa fez valer o mando de campo. Num jogo com muita marcação e poucas chances, o atacante Felipe Marques balançou a rede do ASA neste sábado e garantiu a vitória tricolor por 1 a 0, no Castelão, em São Luís. O resultado coloca o Sampaio na terceira colocação do Grupo A, agora com 19 pontos. O time alagoano ainda sofre na zona do rebaixamento da Série C, com 11 pontos. É o último colocado.

Felipe Marques comemora gol da vitória do Sampaio (Foto: Lucas Almeida / L17 Comunicação)
Sábado, o ASA vai receber o Fortaleza em Arapiraca, às 21h. Jogo decisivo para a luta do clube contra a degola. O Sampaio descansa mais tempo. Só joga no dia 6 de agosto, na Arena Pantanal, às 19h, contra o Cuiabá.

O JOGO

O primeiro tempo pode ser resumido em uma palavra: marcação. Muita. Em casa, o Sampaio Corrêa teve mais posse de bola, pressionou, mas chegou efetivamente apenas aos 39 minutos, com Marlon. O ASA, mesmo precisando muito da vitória, sentiu falta do artilheiro Leandro Kível, suspenso, e nada criou.

Na segunda etapa, o Sampaio foi mais incisivo. Mas, curiosamente, o gol surgiu justamente num contra-ataque: Hiltinho disparou pelo campo ofensivo e cruzou para Felipe Marques finalizar no canto direito, aos 12 minutos. Desesperado, o ASA precisou sair mais para o jogo, mas sem coordenação. Teve dificuldade para criar. Aos 39, mais uma chance para o Tricolor, com Felipe Marques, que parou numa grande defesa de Carlão.


·   0

sexta-feira, 28 de julho de 2017

SÉRIE C: SAMPAIO CORRÊA INICIA VENDA DE INGRESSOS PARA JOGO CONTRA O ASA PELA SÉRIE C

ESPORTE / CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE C – SAMPAIO – VENDA DE INGRESSOS

Jogo será realizado neste sábado e vale a manutenção de uma vaga no G-4 da competição

Por: Afonso Diniz, São Luís, MA

O Sampaio Corrêa iniciou a comercialização de ingressos para a partida contra o ASA, deste sábado pelo Campeonato Brasileiro da Série C. Os bilhetes começaram a ser vendidos na manhã desta quinta-feira e variam de R$ 20,00 e R$ 50,00.

Os ingressos mais baratos serão os dos setores 1, 2 e 3, que custarão R$ 20,00 e terão exclusividade aos torcedores do Sampaio. As cadeiras cobertas, que estão disponíveis as duas torcidas, tem valor de R$ 50,00. Os setores 4, 5 e 6 não serão abertos.

Sampaio espera por bom número de torcedores no Castelão neste sábado (Foto: De Jesus / O Estado) 
Nesta quinta-feira, primeiro dia de venda, os bilhetes serão encontrados apenas nas lojas oficiais e parceiras do clube. A partir desta sexta-feira a comercialização também se deslocará para as bilheterias do Nhozinho Santos e Castelão. As vendas de meia-entrada serão simultâneas a comercialização dos ingressos de inteira.

A partida entre Sampaio Corrêa e ASA será realizada neste sábado, no Estádio Castelão. O confronto está marcado para às 17h.

O Sampaio Corrêa é o quarto colocado da Série C com 16 pontos, mesma pontuação do terceiro Remo e a quatro pontos do líder CSA. O ASA, tem onze, é o nono colocado e está na zona de rebaixamento.


·   0

segunda-feira, 24 de julho de 2017

SÉRIE D: SANTOS ARRANCA EMPATE EM SÃO LUÍS CONTRA O MAC E ABRE VANTAGEM PARA DECISÃO NO AMAPÁ

ESPORTE / CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE D

Com o resultado, o Maranhão tem que vencer ou empatar com um placar a partir de 3 a 3 para conseguir a classificação para as quartas de final

Por: Globoesporte.com / São Luís, MA

O empate, por 2 a 2, fora de casa, foi um excelente negócio para o Santos, que jogou fora de casa, contra o Maranhão, a primeira partida das oitavas de final do Campeonato Brasileiro Série D, neste domingo, no Castelão, em São Luís. A decisão será no próximo domingo, no Estádio Zerão, em Macapá-AP, às 17h (de Brasília).

Naôh foi o autor dos dois gols do Maranhão no Castelão (Foto: Lucas Almeida / L17 Comunicação)

Os gols do Maranhão foram marcados por Naôh. O primeiro foi logo aos dois minutos de jogo e o segundo aos 41. Ambos em cobrança de pênalti. O Santos fez aos 19 minutos do primeiro tempo, com Rafinha em um chute de longa distância, e aos 27 do segundo tempo com Balão Marabá, em cobrança de falta.

Com o resultado, o Maranhão tem que vencer ou empatar com um placar a partir de 3 a 3 para conseguir a classificação para as quartas de final. O Santos também se classifica com uma vitória, mas pode empatar por 0 a 0 ou 1 a 1. Se o empate por 2 a 2 se repetir, a decisão vai para os pênaltis.


·   0

SÉRIE C: EM JOGO DE TIMES DO G-4, CSA E SAMPAIO FICAM NO EMPATE NO REI PELÉ

ESPORTE / CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE C

Com o resultado, o CSA se mantem na liderança com 20 pontos e o Sampaio também manteve sua posição, terceiro, com 16 pontos

Por: Globoesporte.com / Maceió, AL

 CSA e Sampaio fizeram um jogo igual e saíram de campo com um placar que comprovou isso. Partida ficou no 1 a 1, no Rei Pelé, na tarde deste domingo, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. O CSA continua líder isolado, mas por ter sido o terceiro empate em casa, sendo o segundo em casa, a torcida vaiou o time na saída de campo. O Sampaio voltou pra casa satisfeito por pontuado fora de casa e continua no G-4.


Os gols foram marcados no segundo tempo. O CSA marcou aos dez minutos com Daniel Costa em cobrança de falta. Em lance parecido, aos 30 minutos, o Sampaio empatou com cobrança de falta de Hiltinho e cabeçada de Isaac.

Com o resultado, o CSA se manteve na liderança com 20 pontos e o Sampaio também manteve sua posição, terceiro, com 16 pontos.

Na próxima rodada, o CSA joga mais uma em casa, contra o Botafogo-PB, às 16h de domingo. O Sampaio joga 16h de sábado, no Castelão, contra o ASA.

Primeiro tempo

O Sampaio foi quem tomou a iniciativa e por duas vezes quase abriu o placar antes dos dez minutos de jogo. Aos seis minutos, Mota defendeu o chute de Isaac, e aos oito minutos foi Marlon quem chegou perto do gol, mas zagueiro Thales tirou em cima da linha.

Sampaio foi melhor no primeiro tempo (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)
O CSA foi responder à pressão do Sampaio aos 11 minutos, quando Edinho finalizou, mas Alex Alves saiu bem e defendeu a bola. A partida seguiu com forte marcação de ambos os lados e com chances divididas.

Aos 33 minutos, mais uma jogada interessante do Sampaio pela esquerda. Felipe Marques recebeu lançamento, tirou a marcação e chutou forte, mas Mota defendeu.

O CSA tinha dificuldades para criar, pois o Sampaio dominou o meio-campo no primeiro tempo. A equipe de Alagoas buscava ligações diretas da defesa para o ataque e facilitava o desarme dos zagueiros do Sampaio. O lado mais explorado pelo Sampaio foi o esquerdo do ataque.

O Sampaio chegou mais uma vez aos 41, com o velocista Felipe Marques. Ele foi derrubado por Jorge Fellipe na entrada da área. Na cobrança da falta, Pedro botou para fora.

Segundo tempo

CSA voltou com ritmo mais forte no segundo tempo e aos dez minutos, Daniel Costa cobrou falta e marcou o primeiro gol da partida. Daniel não esteve em campo no primeiro tempo. Entrou no lugar de Michel Schmöller na virada para a segunda parte do jogo.

Segundo tempo, CSA equilibrou o jogo (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)
Diferentemente do primeiro tempo, o CSA não foi mais envolvido pelo Sampaio. Conseguiu equilibrar as ações e passou até a trocar passes com mais tranquilidade.

Aos 18 minutos, Hiltinho pegou a bola em velocidade pelo meio e chutou a bola buscando a lado direito do goleiro Mota, que fez um defesa fundamental para manter a vantagem do time da casa.

Aos 24 minutos, o treinador Francisco Diá foi expulso. Mais uma expulsão do comandante do Sampaio neste campeonato.

O Sampaio empatou aos 30 minutos em cobrança de falta. Hiltinho fez o levantamento e Isaac acerta de cabeça. O goleiro Mota ainda pegou a bola, mas a testada do camisa 9 do Sampaio foi forte e venceu o camisa 1 do CSA.

O Sampaio quase conseguiu a virada, aos 41 minutos quando a defesa do CSA não conseguiu afastar a bola. Felipe Marques deixou um defensor no chão, mas no chute a bola bateu em Thales. Tudo isso praticamente na pequena área.


·   0